Cidadanias Canceladas na Itália - Buscando Itália. Saiba mais...

Cidadanias Canceladas na Itália

Cidadanias Canceladas na Itália

 

Olá pessoal, resolvi mudar a matéria citada anteriormente aqui, sobre cidadanias canceladas na Itália, por essa do Fabio Barbiero. Creio que fica mais clara e didática para você.

Segue ela agora para você entender melhor.

 

Cidadanias Canceladas na Itália. E Agora?

No dia 26 de março de 2019 acordamos com a seguinte notícia: 800 cidadanias italianas canceladas na Itália e mais de 200 passaportes serão cancelados na Itália.

 

Abaixo você pode acompanhar a imagem de uma destas matérias:

800 Cidadanias Canceladas

 

ENTENDENDO A NOTÍCIA

A primeira coisa que eu fiz (Fabio Barbiero) quando começaram a pipocar as nossas redes sociais sobre o assunto sobre cidadanias canceladas na Itália, foi buscar a notícia na fonte!

Então, cheguei no jornal da região onde aconteceu o escândalo, que é a La Stampa – edição Verbano Cusio Ossola, que diz o seguinte:

Cidadanias Italianas Canceladas

A matéria reporta que estas 800 pessoas pagavam 7 mil euros pela prática de cidadania italiana.

Ainda segundo as investigações, foram obtidas de forma irregular (explicarei adiante quais são estas irregularidades)

Ainda segundo a matéria, 5 pessoas foram presas, acusadas de falsidade ideológica:

Um casal em Ornavasso
Outro casal em Domodossola
Um rapaz de 22 anos em Meina, próximo a Novara
Este rapaz, além da acusação de falsidade ideológica, também está sendo acusado de corrupção.

O motivo? Ele teria convencido um padre de um pequeno comune da província de Padova a falsificar um ato de batismo.

JOGADOR DA CHAPECOENSE ENVOLVIDO
Cidadanias Canceladas

A matéria também diz que um dos jogadores da Chapecoense, morto do acidente aéreo de 2016 também estaria na lista das práticas de cidadanias que serão canceladas.

Como se trata de uma investigação ainda em andamento, não foram divulgados os nomes dos envolvidos, então no momento ainda não temos como saber quem são.

OPERAÇÃO “SUPER SANTOS”
Cidadanias Canceladas

Por fim, a matéria diz que a operação – batizada de Super Santos, começou por causa de uma suspeita do ufficiale anagrafe da cidade de Macugnaga.

Ele percebeu que no sistema constava uma família de 10 pessoas, vivendo em um bilocale da cidade.

O ufficio então chamou as pessoas para dar uma explicação sobre isso, e elas nunca responderam…

Então foi aí que o sindaco foi alertado e procurou as autoridades competentes – há dois anos!

EXPLICAÇÃO IMPORTANTE: Um bilocale é um imóvel composto de apenas 2 ambientes, normalmente sala e cozinha integrados e um quarto, onde comporta, no máximo, 2 pessoas residentes!

MOTIVOS DOS CANCELAMENTOS

Aqui temos duas situações diferentes, que levaram os órgãos públicos a declarar o cancelamento das práticas.

1. Documentos Falsos
Nestes casos, os criminosos “criavam” uma cidadania artificial – ligavam pessoas que não tinham nenhum tipo de ascendência italiana a documentos de italianos verdadeiros.

Isso já aconteceu em 2010, quando o Corriere della Sera publicou dois artigos explicando como outra quadrilha, desta vez na cidade de Savona, operava para criar cidadãos italianos.

2. Comunicação Falsa de Residência
Já aqui o problema é outro: a quadrilha pagava funcionários públicos para “fingir” que o requerente era residente em um determinado imóvel.

Mas na prática, os guardas municipais jamais passavam, ou fingiam que passavam.

Ou então, o agente público sequer mandava os documentos para o corpo da polícia municipal – já declarava de antemão que a pessoa estava ali, sem nenhuma confirmação correta do acertamento da residência.

Essa prática também não é nova, em um outro caso recente, onde mais de 1.000 processos também foram cancelados por residência inexistente.

FABIO DO CÉU, E AGORA?

Como eu já previa uma avalanches de perguntas e dúvidas sobre este assunto, já me antecipei e no mesmo dia já fiz uma live no Youtube para explicar como isso acabou sendo uma excelente notícia!

VÍDEO NA ÍNTEGRA:

CIDADANIAS ITALIANAS CANCELADAS

Sim, pode não parecer, mas cada vez que “cai um esquema de corrupção” na Itália acontecem algumas coisas:

1. Pseudo-profissionais são presos e automaticamente saem do mercado, sem a possibilidade de enganar outras pessoas;

2. Quem pagou pela corrupção perde todo o investimento, sem contar o tempo que gastou, e isso é ótimo – pois mostra que a mentira tem perna curta, e pode demorar, mas o karma vai aparecer;

3. Quem pretende entrar neste mercado de consultoria por achar que se trata de “dinheiro fácil” e que “não é necessário preparo ou competência” pensa 52 vezes mais antes de continuar pensando isso;

4. Há uma “limpeza” no mercado – sobrevivendo apenas quem faz isso de forma honesta e ética!

Em fim…. Cautela, Cuidado em quem você deposita sua confiança…

 

Un abbraccio a tutti!

 

Fonte: https://portaldacidadaniaitaliana.com/cidadanias-italianas-canceladas/